• 54 | 99972-0011
  • contato@canildonode.com.br

Artigos Canil Don Odé

Parvovirose Canina: Como tratar e prevenir

A Parvovirose Canina é uma das doenças mais conhecidas e também das mais graves, por ser um vírus que pode até levar à morte. Certamente você já ouviu alguém falando sobre a “parvo” em cachorros.

É muito importante cuidar bem da saúde do seu amigo de quatro patas, por isso leia e se informe sobre a parvovirose, seus sintomas e tratamentos.


O que é a Parvovirose Canina?

A parvovirose pode acontecer de forma mais comum em cães filhotes, com menos de um ano de idade, por terem uma saúde e imunidade mais frágeis.

Quais são os sintomas da Parvovirose Canina?

Um dos primeiros sinais de que um cachorro está doente é a diarreia, que normalmente ocorre com sangue, além de vômito, falta de apetite, febre, perda de peso e prostração. Se perceber estes sinais em seu cão, leve-o ao veterinário o mais rápido possível, e caso tenha outros animais no mesmo local, é extremamente importante limpar o ambiente com desinfetantes, pois a Parvovirose é contagiosa e pode ser passada rapidamente para outros cachorros, bem como pode ser agressiva e levá-los à morte em pouquíssimo tempo.

Qual é o tratamento para a doença?

Para a Parvovirose não existe um tratamento específico e sim um tratamento sintomático junto à orientação de um médico veterinário. Ou seja, existem algumas formas de aliviar os sintomas, tais como a reposição de fluídos e administração de antibióticos e antieméticos (para diminuir enjoo e vômito).

Para casos mais graves, é necessária a internação, que pode durar de 5 a 10 dias junto à uma alimentação saudável e ingestão de vitaminas até que o cachorro se sinta melhor.

O importante é prevenir de doenças

Para manter a saúde em dia do seu cachorro, é importante lembrar sempre da prevenção. Estas são as formas mais eficazes de prevenir seu cão da Parvovirose e outras doenças mais graves:

  • Evite contato com animais doentes;
  • Evite contato com ambientes contaminados por no mínimo 6 meses, já que o vírus da Parvovirose sobrevive no local durante um grande período, até dois anos após a retirada do animal doente;
  • Evite contato com objetos e itens que possam ter sido infectados, se um animal doente entrou em contato ou utilizou brinquedos, mordedores, bebedouros, roupas, caminhas e outros itens, estes devem ser descartados (apenas limpar não adianta!);
  • Mantenha a vacinação em dia! Esta é a melhor e mais eficaz maneira de manter uma saúde boa para seu cão;
  • Leve-o para consultas veterinárias frequentemente para acompanhamento da saúde e exames de rotina.

A Parvovirose è muito grave e o tratamento muitas vezes não é suficiente, portanto, previna! A saúde do seu amiguinho de quatro patas só depende de você.





fonte: http://blog.geracaopet.com.br/tudo-sobre-parvovirose-canina/